Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

River Cross

River Cross

06
Jun18

Dúvidas

Rui Cruz

1836_542 pub.jpg

 

 

Que não hajam dúvidas, a Poesia escreve-se no papel,

imagina-se na mente e sente-se no coração, no  entanto,

esse papel é produto fabricado e extraído de árvores

abatidas, aniquiladas e arrancadas à força do seu meio,  

como consequência mortal ou um aproveitamento vital,

duas narrativas racionalizadas pela mesma consciência,

uma interrogando o juízo, a outra afirmando a necessidade,

nada que incomode a nossa imaginação, mas fere o coração,

como qualquer dente ausente afectaria a nossa mastigação,

assim sendo, recomenda-se o mais humanamente possível,

por cada árvore que se abata, se gritem odes à vegetação,

se exaltem as paixões mais acesas pelas cores das flores,

se elevem os sentidos às mais altas cúpulas da nossa visão,

se apaziguem todas as almas, se respeite o infinito dos céus,

que sejam temidos os raios e trovões que sobre nós se abatam,

não se pragueje a figura de deus e se creia em algo supremo,

pois ao longo das nossas idades, todas aquelas interrogações

ou afirmações, encontrarão tantas respostas como soluções.

 

Será o equilíbrio global a manifestar-se, o diálogo entre o humano

 e o ser animal que em todos nós habita, mas que nos inspira e assim dita!

 

Rui Cruz

 

imagem: pintura de Jeremy Mann*

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D